OSCAR NIEMEYER

Exposição de Maquetes: OSCAR NIEMEYER: O ARQUITETO DE JK E UM OLHAR SOBRE SUAS OBRAS!
Professor: GINALDO BARBOSA
Alunos: 9º anos TURMAS E/F do ensino fundamental II ciclo
Coordenação: Maria Conceição S. Menezes

Juscelino Kubitschek foi eleito presidente da República em 1955, juntamente com o vice-presidente João Goulart. Nos primeiros anos do pleito, após a situação política ter tomado seus caminhos (tentativa de golpe da UDN (União Democrática Nacional) e dos militares), rapidamente JK colocou em ação o Plano de Metas e a construção de Brasília, transferindo a capital do Brasil da cidade do Rio de Janeiro para o Planalto Central.
A construção da nova capital se configurou como uma grande meta a ser cumprida. Brasília somente pôde ser efetivada a partir da grande vontade de JK, e também pelo empenho dos trabalhadores que a construíram, grande parte se constituía de migrantes da região nordeste do Brasil. Os trabalhadores que a construíram tornaram seus primeiros moradores, ficando conhecidos como “Candangos”.
Em 1957 Oscar Ribeiro Teomar de Almeida Niemeyer Soares Filho,  conhecido mais popularmente como Niemeyer abre um concurso público para o Plano Piloto de Brasília, a nova capital. O projeto vencedor é o apresentado por Lúcio Costa, seu amigo e ex-patrão. Niemeyer, arquiteto escolhido por Juscelino, seria responsável pelos projetos dos edifícios, enquanto Lúcio Costa desenvolveria o plano da cidade.
Brasília foi um grande desafio; a cidade foi construída na velocidade de um mandato, e Niemeyer teve de planejar uma série de edifícios em poucos meses para configurá-la. Entre os de maior destaque estão a residência do Presidente (Palácio da Alvorada), o Edifício do Congresso Nacional (Câmara dos Deputados e Senado Federal), a Catedral de Brasília, os prédios dos ministérios, a sede do governo (Palácio do Planalto) além de prédios residenciais e comerciais.
Através do uso das competências e habilidades dos discentes do IDFG, o Professor Ginaldo Barbosa (Disciplina História 9º anos Turmas E/F do ensino fundamental II ciclo) desenvolveu um trabalho com estes alunos sobre os conteúdos relacionados à temática supracitada.
A proposta deste trabalho era fazer com que os discentes utilizassem as “Competências de Compreender a produção e o papel histórico das instituições sociais, políticas e econômicas, associando-as aos diferentes grupos, conflitos e movimentos sociais, a competência de Entender as transformações técnicas e tecnológicas e seu impacto nos processos de produção, no desenvolvimento do conhecimento e na vida social, e uso da habilidade de avaliar criticamente conflitos culturais, sociais, políticos, econômicos ou ambientais ao longo da história e a habilidade de reconhecer as transformações técnicas e tecnológicas que determinam as várias formas de uso e apropriação dos espaços rural e urbano..” Os discentes fizeram pesquisas sobre a temática, depois dessa etapa, os alunos desenvolveram trabalhos artísticos de construção de maquetes, com a utilização dos mais diversificados tipos de materiais e sob os seus olhares construíram a representação de monumentos projetados pelo arquiteto Oscar Niemeyer.
Os resultados deste trabalho foram às exposições das maquetes no pátio da escola que nos permitiu apreciar as fantásticas apresentações orais de nossos discentes.

Compartilhe esse conteúdo